Nenhuma discriminação permitida! Há lugares consultórios

Você sabe alguém sofrer de discriminação por causa do COVID-19? Os consultórios estão abertos para não sentir sozinho, preocupado, ou sofrido.

Nenhuma discriminação é permitida. Agimos com calma obtendo informações corretas.

Faz muito tempo desde o começo da luta contra COVID-19.  Você não está preocupado por causa de algo , ou conhece alguém que está a sofrer por causa dos seguintes?

  • Há pessoas que tentam afastar-se para não pegar o vírus, ou dizer palavrões a quem trabalha em hospitais e lar dos idosos.
  • Há clientes  que dizem palavrões aos empregados de supermercados, lojas de conveniência e drogarias. 
  • Há pessoas que dizem  para abster de sair voluntariamente quando os empregados de setor de transporte e infraestrutura vão ao trabalho, e comentaram com palavras terríveis na Internet.
  • Há pessoa que foram infectadas, ou  têm família infectada com COVID-19 e estão a sofrer porque as pessoas ao seu redor espalham disso, evitam, ou dizem palavras terríveis. E também revelam informações pessoais no internet com palavras terríveis. 
  • Há pessoas estrangeiras repreendidos como infetados com COVID-19 , ou  foram ditos que o vírus era do país de origem dessas pessoas como “Vírus de XX”.

Infelizmente já aconteceram essas coisas. No entanto, essas são evidentemente discriminações e não perdoadas.

Nunca devemos haver preconceitos e discriminações  às pessoas que trabalham no setor médico como inspeções e tratamentos todos os dias, aqueles que trabalham para manter funções sociais como venda de alimentos e necessidades diárias, logísticas e infraestruturas. 

E devemos tomar em conta que é a culpa do vírus, as pessoas infectadas e as suas famílias, ou a região  e o país em que eles vivem. Demos palavras cordiais para as pessoas que sentem maus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) opõe-se fortemente que o vírus seja chamado com o nome ligado a sua origem, país ou região porque isso provocará discriminações e preconceitos.

Você já foi discriminado ou caluniado? Há pessoas que ouvem suas palavras. Se você vê ou ouve alguém sendo discriminado, também pode acessar para consulta. É favor informar o local de consulta abaixo indicado.

Balcão do Ministério da Justiça

Nos balcões do Ministério da Justiça indicados abaixo há serviços de ouvir e discutir para resolver suas preocupações. Também faz mediação das discussões, reclamação para melhoramento das pessoas que violaram os direitos humanos, e apresentação das instituições especializadas que podem fornecer consultoria jurídica. Veja pormenores neste pôster

※Divisão de Assuntos Legais / Escritório Regional de Assuntos Legais oferecem consultas pessoais sobre direitos humanos, mas, esses serviços estão suspensos por enquanto para impedir a ampliação de COVID-19. Primeiro, entre em contato os seguintes por telefone / Internet.

Consulta de Direitos Humanos em Língua Estrangeira

É o serviço consultório sobre direitos humanos de pessoas que não dominam o idioma japonês, e podem ligar de qualquer local do país. Se marca esse número, ligue-se a Divisão de Assuntos Legais / Escritório Regional de Assuntos Legais perto da sua zona. Veja pormenores neste pôster.

  • Número de telefone:0570-090911
  • Horário de serviço : Das 9:00 – 17:00 (Dias úteis)
  • Idiomas : Inglês, Chinês, Coreano, Filipino, Português, Vietnamita, Nepalês, Espanhol, Indonésio, tailandês 

※Será cobrada a tarifa de chamada.  Chamada em conferência de três pessoas com um intérprete.  

Balcão de Consulta sobre Direitos Humanos em línguas Estrangeiras via Internet 

Aceitam os serviços consultórios sobre direitos humanos em Inglês e Chinês. Se mande as suas preocupações vie internet, receberá respostas via e-mail e por telefone. Podem usar esse serviço de qualquer local do país.

Consulta sobre Direitos Humanos via Internet (Inglês)
Consulta sobre Direitos Humanos via Internet (Chinês)

Outros Serviços fornecidos pelas outras organizações 

Informação Jurídica para Estrangeiros pelo Hoterasu (Centro de Serviço de Apoio Jurídico) 

Recebeu algum tratamento discriminatório no trabalho ou visto relacionado ao COVID-19?  O Hoterasu (Centro de Apoio Jurídico do Japão) apresenta sistemas legais do Japão e organizações ligadas assuntos jurídicos como associações de advogados  que são úteis para resolução.     

Você recebeu algum tratamento discriminatório no trabalho ou visto relacionado ao novo coronavírus? Ho Terrace (Centro de Suporte Jurídico do Japão) apresenta sistemas legais japoneses e organizações relacionadas, como associações de advogados que são úteis para a resolução. Você também pode verificar neste site. Veja pormenores neste site.

  • Número de telefone:0570-078377
  • Horário de serviço : Das 9:00 – 17:00 (Dias úteis)
  • Idiomas : Inglês, Chinês, Coreano, Espanhol, Português, Vietnamita, Tagalo, Nepalês, Tailandês 

※Será cobrada a tarifa de chamada.  Chamada em conferência de três pessoas com um intérprete. 

Está a sofrer de VD (Violência Doméstica) enquanto estiver em casa devido a COVID-19? A VD é a violência pelo cônjuge, agressão mental, exploração financeira ou forçamento dos actos ao contrário da sua intenção. Se você está sofrer nesses actos, consulte o contacto indicado neste artigo.

Para eliminar as discriminações e difamações baseadas nos preconceitos ligados a COVID-19, é necessário ter um conhecimento correcto sobre vírus e a doença.  Haverá possibilidade dos rumores sem nenhum fundamento no internet ou dentro nos conhecidos. Veja este artigo para obter informações correctas (inglês). 

タイトルとURLをコピーしました